AS OSTRAS


AS OSTRAS

Uma ostra disse a outra ostra vizinha:

- Sinto uma grande dor dentro de mim.
é profundo, redondo e me lastima.

E a outra ostra replicou
com arrogante complacência:

- Louvados sejam os céus
e as águas do mar,
porque eu não sinto dor dentro de mim!
Sinto-me bem intacta por dentro
e por fora.

Nesse momento,
um velho caranguejo que por ali passava
escutou às ostras,
e falou à que estava bem
por dentro e por fora:

- Se, te sentes bem e intacta
é porque estás vazia;
mais a dor que suporta tua vizinha é
uma pérola de inigualável beleza.

Gibran Khalil Gibran

Você sabe como é feita a pérola que fica dentro da ostra?

A pérola é, para a ostra, uma doença. Um grão de areia entra dentro da ostra e esta, como defesa vai envolvendo esse grão de areia em uma substância, em camadas até que ela se transforme em pérola. Quando a ostra percebe que esse corpo estranho não representa mais nenhum perigo ela para de secretar essa substância.

0 comentários: