PARA FALAR DE PAZ

Todas as Crianças da Terra


Um capacete de guerra tem um ar carrancudo.
Muito mais bela é uma flor.
Uma flor tem tudo
para falar de paz e de amor.

Mas se virarmos o capacete de guerra
ele será um vaso, e é bem capaz
de ter uma flor num pouco de terra
e falar de amor e de paz.

A paz é uma pomba que voa.
É um casal de namorados.
São os pardais de Lisboa
que fazem ninho nos telhados.

E é o riacho de mansinho
que saltita nas pedras morenas
e toda calma do caminho
com árvores altas e serenas.

A paz é o livro que ensina.
É uma vela em alto mar
e é o cabelo da menina
que o vento conseguiu soltar.

E é o trabalho, o pão, a mesa,
a seara de trigo ou de milho,
e perto da lâmpada acesa
a mãe que embala seu filho.

A paz é quando um canhão
muito feio e de poucas falas,
sente bater um coração
e dispara cravos, em vez de balas.

E é o abraço que dás
no dia em que tu partires,
e as gotas de chuva da paz
no balanço do arco-íris.

A paz é a família inteira
na alegria do lar,
bem juntinho a lareira
quando o inverno chegar.

A paz é a onda redonda
que da praia tem saudades
e muito mais do que a onda
a paz é a vida sem grades.

A paz são aquelas abelhas
que nos dão favos de mel
e todas as papoulas vermelhas
que eu desenho no papel.

Ventoinha, ventarola,
Moinho que faz farinha,
Meninos que vão à escola,
A paz é tua e é minha.

É luar de lua cheia
tocando as casas e a rua,
são conchas, búzios na areia,
a paz é minha e é tua.

É o povo todo unido,
no mundo, de norte a sul,
e é um balão colorido
subindo no céu azul

A paz é o oposto da guerra,
é o sol, são as madrugadas,
e todas as crianças da terra
de mãos dadas, de mãos dadas,
de mãos dadas.

©Sidónio Muralha

Em "Caminho da Poesia"
Antologia de Poesia para Criança

FANTOCHE PALHAÇO

QUER APRENDER A FAZER ESTE LINDO FANTOCHE? CLARO QUE SIM!!!!
EU ENCONTREI NO SITE DOCES SORRISOS
LÁ VOCÊ ENCONTRA O PASSO A PASSO
NO MEU EU ADAPTEI UMA VARA ( PALITO DE CHURRASCO) PARA DÁ MAIS
MOBILIDADE AO FANTOCHE.

Lembrancinhas para a Páscoa



BRINCADEIRAS DE PÁSCOA




BRINCADEIRAS DE PÁSCOA

Distribuir cestinhas decoradas com motivos de Páscoa (e que podem ser montadas com as crianças!) para elas guardarem os ovos que forem encontrando, dá mais sabor à brincadeira.

Para estimular a fantasia delas, uma boa dica é preparar com a criançada, na véspera do domingo, “armadilhas” para o coelho, espalhando cenouras ao lado de pequenos potes de farinha de trigo em alguns lugares da casa.

Mas, não esqueça de, antes de dormir, morder as cenouras (ou simular uma mordida) para caracterizar a visita de um coelho faminto durante a noite e mostrar que ele caiu na armadilha preparada!

Esconda os ovinhos de chocolate em lugares acessíveis, mas não os deixe muito à mostra, para a brincadeira poder ficar mais interessante. Com os dedos da mão sujos de farinha de trigo, imite as pegadas do coelho no chão. Faça uma trilha dessas "pegadas", guiando as crianças pequenas até os esconderijos dos ovos. Se forem maiores, use a pista para confundi-las. Além das pegadas, espalhe pedaços de cenoura pela casa, para servirem de indícios da passagem do coelho.

Se as crianças tiverem idades variadas, pode-se colocar o nome delas nos ovos para evitar que os menores fiquem prejudicados na brincadeira. Ou, então, bem antes, preparar as crianças para a divisão igualitária, ou seja, “achar” não é possuir, mas juntar para dividir.

Aliás este é o espírito da Páscoa. A preocupação com o outro e a solidariedade que são sinais claros de amor. As brincadeiras e a reunião familiar devem ser mais uma expressão destes sentimentos.


COELHINHO SAI DA TOCA!

Idade: 3 - 8 anos
Material: arcos (bambolês)
Objetivo: Executar habilidade motora fundamental de locomoção, melhorar o tempo de reação.

Jogando:

Distribua os arcos pelo chão.
Cada criança deverá ficar dentro de um arco.
Ao sinal do professor: "Coelhinho sai da toca", as crianças, digo os coelhos (!!!) devem trocar de toca.
A cada rodada retirar um arco.
Chicotinho queimado com ovos!

Idade: 3 - 12 anos
Material: Mini ovos de chocolate (no mínimo 1 por criança)
Objetivo: Associar palavras. Realizar trabalho em equipe. Compreender o jogo competitivo.

Jogando:
Dividir as crianças em duas ou mais equipes.
Esconder os mini ovos em diversos locais.
Informar às crianças se estão perto ou longe dos ovos.
Quente: perto
Frio: longe.
Os ovos encontrados serão colocados em cestas. A equipe que recolher mais ovos será a vencerdora.
Ao final juntar todos os ovos e distribuir para as crianças.
4. Pintura para o rosto

Material:
- tintas guache ou para pintura na pele
- lápis para contorno de olhos (crayon)


Montagem:
1. Pintar o rosto com guache ou pintura para rosto.

2. Pintar o nariz de preto ou vermelho.
3. Fazer os bigodes com lápis para contorno de olhos (crayon).


rabbask.gif (15859 bytes)

BOAS IDÉIAS

A Menina do Leite

A menina era só alegria.
Era a primeira vez que iria à cidade, vender o leite de sua querida vaquinha.
Colocou sua melhor roupa, um belo vestido azul,e partiu pela estrada com a lata de leite na cabeça.
Ao caminhar, o leite chacoalhava dentro da lata.
A menina também, não conseguia parar de pensar.
"Vou vender o leite e comprar ovos, uma dúzia."
"Depois, choco os ovos e ganho uma dúzia de pintinhos."
"Quando os pintinhos crescerem, terei bonitos galos e galinhas."
"Vendo os galos e crio as galinhas, que são ótimas para botar ovos."
"Choco os ovos e terei mais galos e galinhas."
"Vendo tudo e compro uma cabrita e algumas porcas."
"Se cada porca me der três leitõezinhos, vendo dois, fico com um e ..."
A menina estava tão distraída em seus pensamentos, que tropeçou numa pedra, perdeu o equilíbrio e levou um tombo.
Lá se foi o leite branquinho pelo chão.
E os ovos, os pintinhos, os galos, as galinhas, os cabritos, as porcas e os leitõezinhos pelos ares.

Moral da história

Não se deve contar com uma coisa antes de conseguí-la.

Fonte: www.qdivertido.com.br


EU TROPEÇO E NÃO DESISTO




Giselda Laporta Nicolelis

O ponto de partida para esta narrativa é a conhecida história do sonhador que faz mil planos a partir de algo insignificante. Existem dela várias versões, mas foi Monteiro Lobato que a popularizou entre nós no seu conto 'A menina do leite', publicado no livro 'Fábulas'. Mas esse é só o ponto de partida, pois a menina agora dá a volta por cima, recomeça e desta vez sonha, mas com o pé no chão. Nesse sentido, o livro é um exemplo das qualidades implicadas nesse recomeço - coragem, persistência, atenção, paciência, em resumo, é um incentivo ao confronto com as dificuldades. Junto a isso, aparece também o aspecto da solidariedade humana; os mais capazes ou mais conscientes oferecendo a mão para os que precisam de ajuda. Aliás, as próprias expressões lingüísticas referentes ao texto reforçam o significado embutido nas cenas da história; as pedras do caminho, os tropeços, cair do cavalo, estender a mão, etc. Do ponto de vista literário, é interessante observar como se pode dar ao mesmo assunto encaminhamentos tão distintos. Para quem conhece a versão tradicional do conto, esta versão moderna é uma surpresa muito positiva.

Pode encontrar o livro Aqui

A MENINA DO LEITE X EU TROPEÇO E NÃO DESISTO






Para minha amiga Berenice

Olá, Berenice
Espero que goste desta aula,
pois faz um maior sucesso!!!

Eu fiz na caixa de sapato e colei um espelho dentro; você deve encapá-la com um papel bem bonito, mas a tampa precisa ficar solta, para a criança poder abri-la.
Comece falando que dentro da caixa tem algo que para você é muito importante e que você gosta muito, aí, chame cada criança em particular e peça que ela olhe dentro da caixa para ver o que tem dentro, ao abrir a caixa a criança vê sua imagem no espelho, é muito bom ver a reação delas, mas peça para que não fale nada para os demais colegas, para não estragar a surpresa, o resultado é ótimo.
Em seguida conte a história da Branca de neve utilizando dedoches e o avental.

  • Pintura no espelho da madrasta.
  • Pintura da grande maçã da Branca de Neve.
  • Entrar na casa pequenina dos Sete anões.Confecção do castelo.
  • Experimentar a maçã
  • Dramatização : Utilizando diferentes objetos para representar os personagens: capa vermelha para Branca de Neve, espelho para Madrasta, chapéu azul para os anões, cavalo de madeira para o príncipe e a maçã.
  • Desenhos da Branca de Neve para colorir AQUI
  • Veja melhor AQUI


HERANÇA (POR LUIZ GONZAGA PINHEIRO)

Herança

Qual a herança que deixarás para teus familiares e amigos?

Uma casa, um carro, um barco?

Tais objetos em breve tempo não existirão mais.

Deixa uma filosofia, o amor pelo trabalho, teu otimismo.

Deixa versos de esperança, uma música suave, uma árvore.

Assim serás lembrado a cada dia e louvado a cada noite.

Herança não é o amontoar incessante de coisas a serem transferidas com a tua morte

É o doar perene do que és.

Não te preocupes em demasia em imaginar qual o montante a ser deixado. Ele pode ser de palavras, de gestos, de sorrisos, de afagos.

Se não houver tais adornos no que deixas, teu filho se sentirá deserdado em plena abundancia material.

Herança é coisa para ser doada em vida.

Incentivo, compartilhamento, um não quando preciso, um sim quando necessário são partes desse presente.

Na chuva, cobre teu filho; no sol refresca-lhe a pele; no outono mostra-lhe folhas amareladas, isso dá margem a uma boa conversa sobre a vida e a morte. Mas é mesmo na primavera que o agradarás com a beleza das flores. Lembra-te de que isso não é perda de tempo, mas teu melhor investimento.

Teus filhos reclamam tua presença e dizes que estás a preparar-lhes o futuro.

E quando chega o futuro, nem sempre estás lá. Oferece quando possível tua presença e verás que ela será mais apreciada que os bens que amontoas.

Geralmente os filhos têm capacidade de gerarem seu próprio sustento, mas não têm o poder de se transportarem para junto dos pais quando suplicam suas presenças.

Aproveita o tempo. Brinca com eles de esconde-esconde, pega-pega, faz uma cabana com um lençol, com um giz um desenho no chão, e traz ao final do dia aquele pirulito que ninguém, nem mesmo os adultos ousam recusar.

Conta uma história onde haja um monstro que foi vencido por um garoto; dedica pelo menos uma vez por ano um dia só para ele. À noite, quando ele estiver cansado ensina-o a rezar.

Não espere que um professor ministre a ele versões teóricas de honestidade e de honradez. Transforma-te no exemplo. Assim quando o professor ministrar sua aula, a imagem que teu filho terá na mente será a tua.

Não espere teu filho cair e chorar para então correr e abraçá-lo. Abraça-o gratuitamente, faz alguma loucura saudável na companhia dele quando em vez, como tomar banho de chuva ou se lambuzar de sorvete.

Se tiver um jardim planta uma roseira em sua presença. Ensina o amor pela natureza e pela humanidade.

Assim agindo, mesmo que sejas pobre e nada de material possas ofertar no instante de tua partida, terás deixado uma herança incalculável e eterna.

Assim agindo, ao morrer ficarás com ele e o levarás contigo aonde fores. Serás a inestimável herança jamais superada, nem mesmo pelas moedas de um rei.

A HORA DO CONTO

UMA EXCELENTE IDÉIA PARA FAZER
COM FANTOCHES DE VARA NO TEATRO DE
SOMBRAS. COM AS LUZES E O SOM QUE ELE
SUGERIU. EU FIZ E AS CRIANÇAS AMARAM!!!
FAÇA VOCÊ TAMBÉM.
A Menina E O PáSsaro Encantado
View more presentations from guestb6c4cf.

OVOS COLORIDOS

ESSA SUGESTÃO EU ACHEI LINDA!
VAI PARA A WANESSA, MINHA NOVA
AMIGA QUE ME ACOMPANHA NO BLOG.
QUE É PEDAGOGA E TEM LINDOS TRABALHOS.

Decoração de Páscoa: Saiba como fazer ovos coloridos e miniovos

ovos-coloridos-para-a-pascoa.jpgAproveite a Páscoa para fazer uma brincadeira muito gostosa com suas crianças com ovos (é, aqueles de galinha!).

Material:
Ovos
Tinta Guache
Lápis
Colas coloridas
Cola branca
Forminhas de papel para doces (tipo brigadeiro)

Como fazer ovo de páscoa (Passo-a-passo):

1. Faça um furinho de aproximadamente 2cm em uma ponta do ovo e tire toda a clara e a gema. Lave a casca por dentro com bastante água e deixe secar bem de um dia para o outro.
2. Pinte toda a casca com tinta guache branca.
3. Faça os desenhos nos ovos com lápis no formato que quiser. Quando estiver do jeito certo, contorne com as tintas e colas coloridas. Dica opcional: acrescente outros acessórios, como o glitter e lacinhos.

Outra utilidade é rechear os ovinhos com jujubas, balinhas ou confetes de chocolate, para isso passe a cola branca ao redor do furo e encaixe uma forminha de papel. Serve até como lembrança de aniversário de festas infantis ou festas de colégio. ;)

SÍMBOLOS DA PÁSCOA

PÁSCOA
View more documents from guest7849ae00.
CLIQUE NA TELA PARA AMPLIAR
FICA AO LADO DOS NÚMEROS.
FONTE: http://www.techs.com.br/meimei/historias.htm



CLIQUE NA TELA PARA AMPLIAR
FICA AO LADO DOS NÚMEROS.
OUTRA SUGESTÃO É FAZER UM
AVENTAL COM DEDOCHES FELTRO
FICA UMA BELEZA!!!!

;;