BOAS IDÉIAS

A Menina do Leite

A menina era só alegria.
Era a primeira vez que iria à cidade, vender o leite de sua querida vaquinha.
Colocou sua melhor roupa, um belo vestido azul,e partiu pela estrada com a lata de leite na cabeça.
Ao caminhar, o leite chacoalhava dentro da lata.
A menina também, não conseguia parar de pensar.
"Vou vender o leite e comprar ovos, uma dúzia."
"Depois, choco os ovos e ganho uma dúzia de pintinhos."
"Quando os pintinhos crescerem, terei bonitos galos e galinhas."
"Vendo os galos e crio as galinhas, que são ótimas para botar ovos."
"Choco os ovos e terei mais galos e galinhas."
"Vendo tudo e compro uma cabrita e algumas porcas."
"Se cada porca me der três leitõezinhos, vendo dois, fico com um e ..."
A menina estava tão distraída em seus pensamentos, que tropeçou numa pedra, perdeu o equilíbrio e levou um tombo.
Lá se foi o leite branquinho pelo chão.
E os ovos, os pintinhos, os galos, as galinhas, os cabritos, as porcas e os leitõezinhos pelos ares.

Moral da história

Não se deve contar com uma coisa antes de conseguí-la.

Fonte: www.qdivertido.com.br


EU TROPEÇO E NÃO DESISTO




Giselda Laporta Nicolelis

O ponto de partida para esta narrativa é a conhecida história do sonhador que faz mil planos a partir de algo insignificante. Existem dela várias versões, mas foi Monteiro Lobato que a popularizou entre nós no seu conto 'A menina do leite', publicado no livro 'Fábulas'. Mas esse é só o ponto de partida, pois a menina agora dá a volta por cima, recomeça e desta vez sonha, mas com o pé no chão. Nesse sentido, o livro é um exemplo das qualidades implicadas nesse recomeço - coragem, persistência, atenção, paciência, em resumo, é um incentivo ao confronto com as dificuldades. Junto a isso, aparece também o aspecto da solidariedade humana; os mais capazes ou mais conscientes oferecendo a mão para os que precisam de ajuda. Aliás, as próprias expressões lingüísticas referentes ao texto reforçam o significado embutido nas cenas da história; as pedras do caminho, os tropeços, cair do cavalo, estender a mão, etc. Do ponto de vista literário, é interessante observar como se pode dar ao mesmo assunto encaminhamentos tão distintos. Para quem conhece a versão tradicional do conto, esta versão moderna é uma surpresa muito positiva.

Pode encontrar o livro Aqui

A MENINA DO LEITE X EU TROPEÇO E NÃO DESISTO






0 comentários: