ÁRVORE DE CRISTO



A Árvore de Natal, conhecida em algumas regiões da Europa como “Árvore de Cristo”, desempenha papel importante na data comemorativa do Nascimento de Nosso Senhor.

Os relatos mais antigos que se conhecem acerca da Árvore de Natal datam de meados do século 17, e são provenientes da Alsácia, encantadora província francesa.

Descrições de florescimentos de árvores no dia do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo levaram os cristãos da antiga Europa a ornamentar suas casas com pinheiros no dia do Natal, única árvore que nas imensidões da neve permanece verde.

A Árvore de Natal é um símbolo natalino que representa agradecimento pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

O costume de preparar este belo complemento do presépio foi passando de vizinhança em vizinhança, alcançando hoje até países onde a neve é um fenômeno desconhecido.

Outra história conta que os romanos enfeitavam pinheiros durante um festival de inverno em homenagem a Saturno, o deus da agricultura.

A introdução na cultura cristã tem registro no século XVI, na Europa. A explicação para a escolha do pinheiro, árvore em formato e triângulo, é que ela representa a Santíssima Trindade: o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Dizem que alguns enfeites na árvore possuem significados que garantem a felicidade de um lar. Se você quiser decorar a sua árvore feita de revistas, pode colocar uma casinha, que significa proteção; um pássaro, que é alegria; um peixe, que é a benção de Cristo; a pinha, que significa fartura e o Papai Noel, símbolo da bondade.

PASSO A PASSO DA ÁRVORE DE NATL DE REVISTA AQUI



0 comentários: